A evolução do Funk
A evolução do Funk

O funk carioca é um estilo musical oriundo das favelas do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Apesar do nome, é diferente do funk originário dos Estados Unidos. Isso ocorreu pois, a partir dos anos 1970, começaram a ser realizados bailes blacksoulshaft e funk no Rio de Janeiro. Com o tempo, os DJs foram buscando outros ritmos de música negra, mas o nome original permaneceu.

O funk carioca tem uma influência direta do miami bass e do freestyle. O termo “baile funk” é usado para se referir a festas em que se toca o funk carioca. Apesar do nome, o funk carioca surgiu e é tocado em todo o estado do Rio de Janeiro e não somente na cidade do Rio de Janeiro, como o gentílico “carioca” leva a crer

O funk carioca, basicamente ligado ao público jovem, tornou-se um dos maiores fenômenos de massa do Brasil. Na década de 1980, o antropólogo Hermano Vianna foi o primeiro cientista social a abordá-lo como objeto de estudo, em sua dissertação de mestrado que daria origem ao livro O Mundo Funk Carioca (1988).

De 2000 a 2014, o Funk Carioca modificou-se, libertando-se dos traços de sua origem, e passou a ter uma característica própria. Tornou-se popularmente conhecido em todo o Brasil e no exterior.

APERTE O PLAY!

7543_585877041431882_791242205_n

Não sei porque, mas enquanto eu escrevia este post lembrei do meu amigo Will, do
Blog Desordenado.

Compartilhe com a galera:

Deixe seu comentário

Atenção! Os comentários do blog são via Facebook, se quiser comentar precisa estar conectado lá!
Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e agora a negócio é mais embaixo:
comentários racistas, homofóbicos e os famosos «FIRST» poderão ser denunciados por outros usuários e você
perderá sua conta ou terá todos os seus bens bloqueados e você ficará pobre como eu!


Este é o blog mais pobre da internet! Então não critica, porque tudo aqui faz parte do imaginário! A única coisa que é real aqui é a falta de dinheiro!
Caso você tenha se ofendido com alguma coisa no blog, manda uns 'trocado' ou utilize o botão 'X' no canto superior direito do seu navegador.
Todos os comentários e opiniões de terceiros não expressam necessariamente a opinião dos editores do blog.